A (NOSSA) IMAGEM EM TEMPOS DE ISOLAMENTO

É ou não é verdade que na nossa vida pré- isolamento nos queixávamos, a toda a hora, de que vivíamos a correr e de que não tínhamos tempo para nada? Se há coisa que esta nossa nova realidade nos trouxe é o parar de viver em piloto automático, e a confrontarmo-nos connosco. Por mais assustador que tudo o que está a acontecer nos possa parecer, não há como contornar. Podemos (ou devemos) escolher ver as coisas pela positiva e finalmente aprender a valorizar aquilo que temos de mais preciso- O tempo. 

Este tempo, na minha opinião, não deve ser apenas ocupado com actividades exteriores (trabalho, família, televisão, actividades domésticas) por mais apelativo que isso, às vezes, até nos possa parecer. Este é o tempo de cuidarmos de nós. Penso que esta é a máxima para 2020 e desta nossa nova realidade. Cuidarmos de nós implica não deixarmos que sentimentos como a tristeza, a incerteza e o medo tomem conta das nossas emoções. Agora e futuramente, é imperativo cuidar (e, muito) da nossa auto-estima para que toda esta nova condição seja vivida e superada psicologicamente da melhor forma possível.

Por isso, defendo que nunca como hoje fez tanto sentido criar o hábito de olharmos para nós, em primeiro lugar, e relembrar o quão importante é não descurarmos a Imagem que vemos reflectida no espelho. Existe uma máxima que acredito desde há 11 anos, a trabalhar em Consultoria de Imagem, que é- devemo-nos vestir para o interior e não para o exterior, que é o mesmo que dizer que nos devemos vestir para nós e não para os outros. Esta é a máxima que nos eleva e que agora, em que é tão importante, também, lutar pela manutenção da nossa auto confiança, me leva a dizer que devemos investir no auto-conhecimento, a todos os níveis. Conhecer melhor o nosso corpo, o nosso estilo, mudá-lo até, testar looks novos, ousar combinações que saiam da nossa zona de conforto, etc. 

Trabalhar em casa pode ser (e, é) desafiador, e a expressão “linda em casa” ganhou todo um novo significado. Para a maior parte de nós que está em home office, pela primeira vez, o primeiro conselho que dou é esquecer a ideia de trabalhar de pijama ou algo semelhante. Apesar de ser tentador, este tipo de looks e maneira de estar contribuem para a chamada “vontade de não fazer nada”, pois o nosso cérebro está condicionado a relacioná-los aos momentos relax e a confiança, na nossa imagem, é fundamental inclusive para aumentar a produtividade nestes dias. Como em tudo, tem de haver um equilíbrio que, neste caso é sem dúvida muito desafiante de encontrar, mas há inúmeras opções de peças adequadas, em tecidos confortáveis e bem mais adequados a esta nova realidade. Acreditem, faz toda a diferença. O “truque” é saber encontrar e conjugar e aqui uma Consulta de Consultoria de Imagem pode, sem dúvida, ajudar.

Sendo a nossa IMAGEM uma das principais ferramentas de comunicação que deve ser sempre assente nos 3 C’s- conformidade, coerência e confiança, há que não perder o foco e nunca esquecer que IMAGEM é Poder, é Confiança, é Motivação, é Inspiração, é Marca Pessoal, é Comunicação!

Afinal, que mensagem queremos passar?

Imagem: Wei Ding

CONVERSATION

0 comments:

Publicar um comentário

Back
to top