ESSENCIAIS PARA TRAZER NA CARTEIRA


A ideia de que temos de transportar “a casa às costas” na nossa carteira e que precisamos de um número infindável de produtos e objectos para usar no dia-a-dia não é necessariamente verdade. Pelo menos no meu caso. Penso que com o tempo, e se pensarmos um pouco, conseguimos transportar o menos, o mais pequeno e leve possível. À parte de chaves de casa e de carro, estes são os itens que considero serem (realmente) essenciais para a generalidade dos dias:

→ Porta- documentos com cartões e afins- A juntar às chaves, aqui está algo de que não convém mesmo esquecer.

→ Telefone- Entre ele e o primeiro item não sei qual dos dois é mais importante.

→ Phones- Para mim são inseparáveis do anterior e uso-os, sempre, de forma a ter as duas mãos livres [muito simples e prático].

→ Óculos de sol (ou bolsa para os guardar)- NUNCA saio de casa sem eles. Seja em que dia ou estação for, esteja sol ou chuva. A ideia de que óculos de sol são, como o nome, diz para o sol não se aplica, em nada, pelo menos no meu caso.

→ Protector labial- Imprescindível e de preferência com FP.

→ Batons- Dois ou três, de cores neutras. São produtos leves, que não ocupam espaço e para além disso, se usados devem ser retocados frequentemente.

→ Creme de mãos- É aquele cuidado que sabe sempre bem ter. Hoje, existem muitos tamanhos travel size logo não há desculpa para não ter um sempre à mão.

→ Pó compacto- Ajuda a manter a maquilhagem e zela pela nossa [boa] aparência.

→ Bloco ou caderno [pequeno]- Ocupa pouco espaço e para quem, como eu, gosta de escrever "à maneira antiga" é um item essencial.

→ Fita para o cabelo- Leve e perfeita para o apanhar, se for necessário, ou apenas se nos apetecer e evita usarmos elásticos no pulso a fazer de pulseiras [pois não o são].

→ Lenços de papel- Dos produtos mais versáteis, leves e essenciais.

Pensando bem, não é assim tanta coisa e cabe tudo numa bolsinha de tamanho A5 [logo tanto se adapta a uma carteira maior como uma mais pequena].


Imagem: fashionambitions.com

CONVERSATION

0 comentários:

Enviar um comentário

Back
to top