[CONSTRUIR UM] ARMÁRIO CÁPSULA


Criado em 1970, pela estilista Susie Faux, o termo “armário cápsula” é assente na ideia de que “ninguém precisa de mais do que 30 ou 40 peças de roupa para viver, portanto, tudo o resto é acumulação”. 

A base do conceito, e o que melhor o define, é a criação de um armário funcional, com peças essenciais e intemporais, misturadas com algumas peças-tendência, de cada estação. Como o momento é o de repensar a nossa relação com o consumo, o objectivo de promover a rentabilização, promovendo um estilo de vida mais sustentável, que prioriza um armário de qualidade (ao invés de quantidade) e que esteja alinhado com o nosso estilo, não poderia estar mais actual. 

Na verdade, é tudo uma questão de ter consciência sobre o que se tem no armário e de como o usar. Nos roupeiros que visito, em processos de Consultoria de Imagem, verifico que a maior parte das pessoas usa apenas uma pequena percentagem do seu guarda-roupa, sendo que o restante apenas está a ocupar espaço e a dificultar a(s) escolha(s), fazendo com que percamos imenso tempo a escolher acabando por usar as mesmas peças. 

É importante perceber que o armário cápsula não é, necessariamente, assente numa paleta de cores neutra como brancos, cinzentos, nudes e/ou pretos. Na verdade, difere e varia de pessoa para pessoa e tem tudo a ver com o que gostamos de usar, o que significa mantemos o que precisamos e usamos, muito mais vezes, criando uma cápsula dentro do guarda-roupa total (e daí o termo). 

Sendo o propósito criar um closet consistente e com a “nossa” cara e estilo, sem que isso pese, tanto em espaço como financeiramente, os objectivos da criação de um armário cápsula são: 

→ Proporcionar um conhecimento real do número de peças totais e individuais do nosso roupeiro 

→ Rentabilizar o nosso guarda- roupa 

→ Construir um roupeiro funcional, que sirva todas as necessidades existentes 

→ Criação de looks mais pessoais e criativos 

→ Terminar com a sensação de que “não tem nada para vestir”, contribuindo para acabar com as chamadas “compras por impulso” comprando apenas o que é necessário 

→ Facilitar, tornando as pequenas decisões do dia-a-dia (como “qual é a roupa que vou usar?”) mais práticas, sem tomar tanto tempo da rotina diária

→ Aumentar o descanso mental, a auto estima e a auto confiança 

→ Contribuir para uma economia de tempo e de dinheiro 


Mais informações sobre este serviço: hello@babipereira.com


PH:unsplash-logoAmanda Vick

CONVERSATION

0 comentários:

Enviar um comentário

Back
to top