ITENS BÁSICOS E INTEMPORAIS- PERFUME

Dizia Coco Chanel, numa das suas celebres máximas, que “não é possível elegância sem perfume. Ele é o acessório final, invisível e inesquecível” . Concordo plenamente sendo, para mim, algo sem o qual não saio de casa. 

O perfume é aquele pormenor que não se vê, mas que se sente, e que nos dá aquele je ne sais quoi. Tendo o olfacto uma estreita relação com a memória, já que também aos perfumes associamos épocas e vivências, é verdade que há odores inesquecíveis e que, imediatamente, relacionamos a determinada pessoa, situação ou evento. 

Sendo o retoque final de qualquer look, não há como negar que faz parte da nossa imagem. Além de completar a personalidade, tem também o poder de evidenciar a nossa forma de ser e de estar, dizendo muito sobre alguém. Daí ser tão importante encontrar um aroma que corresponda a nossa personalidade, que influencie, positivamente, os sentidos e que melhore a nossa auto estima. 

Como no restante, é importante saber que mensagem queremos passar, pois o perfume tem a capacidade de atrair pessoas, iniciar uma boa conversa, marcar momentos ou, se mal escolhido, precisamente o contrário! (Assim de repente penso que não seria capaz de inalar durante mais que 15 segundo o Eden (Cacharel) e o Opium (Yves Saint Laurent). 

Portanto, não será errado dizer que, o perfume fica na nossa memória e, consequentemente, na dos outros. Sendo assim, o ideal é que tal odor seja agradável. Sendo, também, uma das mais importantes armas de sedução, pode, e muitas vezes é, o “clique”, que à primeira vista não existiu já que quando usado na medida certa, é um forte aliado para ambos os sexos. E, é justamente aí que reside o grande mistério. Precisamos de usar o famoso bom senso para não ultrapassar o limite para não afastar o que queremos aproximar… 

“Esse odor traz tanta saudade…” (já dizia Pedro Abrunhosa) é, nas mulheres, sinónimo de feminilidade tanto ou mais que uns saltos altos ou acessório. Escolher o nosso aroma é tão pessoal quanto encontrar a maquilhagem com o tom certo para a nossa pele, já que existe toda uma ciência por trás que anda de mãos dadas com o toque de preferência pessoal. 

Estando ainda no início de um novo ano, esta pode ser a altura certa para testar um novo aroma e, porque não, ter um cheiro novo. Para terminar, e dado que existe a eterna questão: “Onde uma mulher deve usar perfume? Diz (novamente) Coco Chanel“- Onde quiser ser beijada”.

CONVERSATION

0 comentários:

Enviar um comentário

Back
to top