|'LEARNING AROUND THE CUCO'| - SOTD CLUB

Uma experiência enriquecedora e perfeita para terminar, literalmente em beleza, o ano que acabou de nos deixar. Considerava que era pessoa muito esquisita e, diria até, limitada no que toca a perfumes. Tenho, ou tinha, (já que não houve praticamente nenhum, dos aromas que experimentei, que não tivesse gostado), um grupo bastante restrito e uma máxima- Quanto mais doce melhor e mais eu gosto. Tinha também consciência de que a nível "científico" não percebia absolutamente nada do assunto e por isso gostei tanto do convite para participar neste Masterclass em Haute Parfumerie- 'Learning Around The Cuco', que aconteceu na Loja das Meias da Avenida da Liberdade, pela voz e conhecimentos infindáveis do Pedro Simões Dias, que tentei absorver ao máximo. 
Sendo a nossa memória olfactiva a mais presente, já que o cheiro está directamente ligado ao nosso instinto de sobrevivência, desde os primórdios da humanidade existem vários dados e curiosidades associados a este mundo fascinante dos perfumes que, acredito, a maior parte de nós, desconheça. A expressão "Odor Fatigue", por exemplo- Algo que acontece e que nos queixamos imenso, que é o facto de não sentimos o nosso perfume. Isto ocorre quando usamos durante muito tempo o mesmo e por isso mesmo deixamos de o cheirar, em nós, apesar de aos outros não. Por isso, o ideal e apesar de todos termos o nosso "perfume assinatura", é usarmos mais que um, até porque assim como nós vamos mudando, os nossos gostos também. Outra das curiosidades, que desconhecia por completo, é que, para além do nosso tipo de pele, também a alimentação tem implicações directas no nosso cheiro e por isso, mesmo usando a mesma fragância, não existem duas pessoas que cheirem de igual forma.
Agora e para terminar aquilo que todos queremos saber. Onde se deve aplicar perfume? (Algumas das respostas provavelmente vão surpreender): Nos pulsos; atrás das orelhas; atrás dos joelhos; virilhas; por baixo do peito e no cabelo (no caso das mulheres), hábito que, por acaso, já tinha e que pensava que era algo "estranho" e meu e que, afinal, não é!

Um dos costumes, que temos muito, é colocar na roupa, e não se pode dizer que está errado, a questão é que os tecidos absorvem as notas base rapidamente e por isso ao fazê-lo deverá ser, apenas, nos ombros. Como nota final, acrescento que nunca se deve esfregar os pulsos, (fazemo-lo, sempre, certo?), pois estamos a "partir" as notas de topo. No fundo, e à semelhança de muitas outras coisas, em caso de dúvida, a regra é "colocar perfume onde sentimos o (nosso) coração", já que, afinal, é ele quem comanda tudo o resto. ❥

Convido-vos a descobrir e a conhecerem os perfumes SOTD CLUB, aqui.

CONVERSATION

0 comentários:

Enviar um comentário

Back
to top