Birkenstock

Se quando pensa em Birkenstock associa a palavra a turistas de sandálias e meias (brancas), saiba que essa ideia hoje não podia estar mais "errada". Isto porque depois de celebridades como Drew Barrimore, Juliane Moore, Naomi Watts, as gémeas Olsen, e Heidi Klum (que dá a cara (e o corpo) ao manifesto e promove o calçado dos seus conterrâneos), etc... terem sido avistadas com umas nos pés, este tipo de calçado passou de feio a super fashion, num ápice...

Tudo começou há mais de 200 anos, quando em 1774 Johann Birkenstock se instalou como sapateiro em Vettelschoss, na Alemanha. Em 1902, o neto do fundador, (Konrad, de seu nome), teve uma ideia que iria revolucionar a empresa: A criação de uma palmilha curvilínea, à semelhança das próprias curvas do pé, numa sola de cortiça. E pronto, estava dado o mote para o sucesso das Birkenstock. Hoje, 236 anos depois, a marca está em todo o mundo chegando a lugares tão distantes como o arquipélago das Fiji, na Oceânia!

A verdade é que, por serem desenhadas a pensar na anatomia do pé, são as eleitas para as longas caminhadas típicas do turismo. Confesso que também eu nunca fui fã deste calçado e ainda continuo a ter as minhas reticências, gosto e tenho estas (são o único modelo que gosto), e posso comprovar que a nível de conforto, não há igual, foram mesmo feitas para andar e muito... (Comprovei-o nas minhas últimas férias, onde penso que devo ter andado kms...). Quase nunca as tirei dos meus pezinhos...

Longe vão os tempos (e ainda bem) em que ter umas sandálias desta marca era sinónimo de problemas ortopédicos ou falta de gosto. Hoje há socas, sandálias, chinelos, ténis e sapatos para todas as idades, para ambos os sexos e gostos.

Em Portugal, existe apenas um distribuidor da marca, a Step In, que para além de ter uma loja aberta ao público (foi lá que comprei as minhas), comercializa os vários modelos e as seis sub-marcas da Birkenstock pelos clientes espalhados pelo país.

Giras e confortáveis, não são baratíssimas (estas custam cerca de 55€), mas penso que são um óptimo investimento, pois tendo em conta que não são para usar todos os dias, durarão uma vida!...

CONVERSATION

0 comentários:

Publicar um comentário

Back
to top