COMPRAR MENOS. ESCOLHER BEM

Black Friday, Cyber ​​Monday (este último talvez um pouco menos conhecido, mas e para quem não conhece, o seu significado é um termo de marketing para a segunda-feira após o Dia de Acção de Graças. Empresas de marketing criaram o termo para convencer as pessoas a fazerem compras online). Tanto um como outro directamente importados dos E.U. com uma única finalidade- um monumental apelo ao consumo. 

Ao contrário da “bandeira” que defendem, a de descontos, o objectivo é mesmo o de proclamar as chamadas, e tão perigosas (na minha opinião), compras por impulso com a agravante de acontecer naquela que é "a" época de excelência quando o assunto é consumo- o Natal. A não ser para fazer compras muito pontuais sou totalmente “a não favor” destes dias pois contrariam tudo aquilo que defendo e que para mim é o futuro (e deveria ser já o presente)- Apostar menos na acumulação e sim na rentabilização e tornar o consumo consciente ou seja responsável e adequado ao que será um futuro sustentável. Tudo fundamentos e objectivos do que é um serviço de Personal Shopping.

Portanto, sugestão para estes dias (e já agora para os outros todos)? Saber aquilo que (nos) é necessário e que (realmente) está em falta no nosso armário.


Imagem: Tezenis

CONVERSATION

0 comentários:

Enviar um comentário

Back
to top