Pele: Como sobreviver ao Inverno

Todas nós notamos que a nossa pele apresenta aspectos diferentes nas várias épocas do ano. No Verão, por exemplo, com o efeito do calor a pele transpira mais e produz mais gordura. Por isso, temos tendência a ter a pele mais oleosa nesta estação.

Contrariamente, durante o Inverno o tempo frio e seco provoca desidratação na pele, principalmente nas partes do corpo mais expostas, nomeadamente no rosto e nas mãos.

Assim, e para minimizar os efeitos do frio que temos sentido nos últimos dias, fica a sugestão de pequenos gestos que podem ajudar bastante. Podem já não ser novidade para si, mas vale sempre a pena relembrar:

- Tomar duches breves e com a água mais morna possível. Bem sei que é fácil ceder à tentação de tomar banho com a água muito quente, mas se por um lado sabe bem, por outro danifica a pele.

- Usar creme hidratante em todo o corpo. Sugestão: Aqueça, por breves segundos, o creme entre as palmas das mãos. Ao aplicá-lo no corpo já estará morno, evitando aquela sensação de creme “gelado”.

- Beber água. No Inverno temos tendência a beber menos água, mas se não o fizemos, o organismo sofrerá as consequências. Sugestão: Se não lhe apetecer beber água, experimente beber chá, é fácil de preparar em casa, no local de trabalho, etc... Sabe muito bem nos dias frios.

- Hidratar bem a pele do rosto e olhos. Se a tiver seca aposte em fórmulas enriquecidas. Não se esqueça igualmente de usar um creme específico para a zona do contorno dos olhos. Esta pele é muito fina e sensível, pois tem apenas uma camada, (ao contrário dos resto do rosto e corpo que têm três camadas) e quando mais fragilizada tende a formar rugas.

- Ao sair, use batom hidratante e luvas e em casa aplique creme nas mãos com regularidade.

- Fazer uma massagem com óleos enriquecidos. (Esta é uma sugestão de uma prenda de Natal para si mesma).

Pequenas rotinas produzem grandes efeitos. Experimente, vai sentir-se muito bem na sua pele!

CONVERSATION

0 comentários:

Publicar um comentário

Back
to top